Oblíqua dissimulada.
É preciso crer, mas não crer em mentiras, nem em suposições, é preciso crer em si mesmo, ter autoconfiança, e por mais absurdo que pareça, buscar sempre impor-se limites, desde que sejam altos, e por mais difícil que seja o ideal é sempre buscar superá-los. Enfim, é assim que funciona a vida, uma máquina inconstante de idas e vindas, de crenças e descrenças, e de limites inalcançáveis.
Dom Casmurro. (via florejaste)

(Fonte: licantrupus)

REBLOG ·
LIKE
· 35740 NOTES
Pegas nas chaves e sais, que não tem nada de mais, que são saídas normais e nada vai além
Eu sei onde é que tu vais e que eles te acham demais, pintas os olhos e sais, e queres enganar quem?
João pequeno.   (via retaliador)

(Fonte: perenar)

REBLOG ·
LIKE
· 72 NOTES
THEME